Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Tratamento do autismo é incluído na Política Nacional de Saúde 

O tratamento do Transtorno do Espectro Autista agora faz parte da Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência. Com isso, Centros de Reabilitação que atendem pessoas autistas vão receber aporte de 20% no custeio mensal.  

No total, serão mais de R$ 540 milhões investidos na Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. 

O anúncio foi feito nessa quinta-feira, Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, pelo Ministério da Saúde. 

Nessa rede, pacientes, familiares e cuidadores contam com 300 Centros Especializados em Reabilitação, responsáveis pela realização do diagnóstico, acompanhamento, concessão, adaptação e manutenção de tecnologia de assistência. 

O Transtorno do Espectro Autista é caracterizado pela alteração das funções do neurodesenvolvimento da pessoa, o que pode interferir na comunicação, linguagem, interação social e comportamento.  

No entanto, o diagnóstico e o tratamento precoces permitem a independência e qualidade de vida.  

O Ministério da Saúde aponta que os sinais do autismo podem ser percebidos nos primeiros meses de vida, com o diagnóstico fechado entre 2 e 3 anos de idade.  

Tags

Compartilhe:

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE