Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Turismo Virtual ganha cada vez mais adeptos no Brasil

Criada devido às restrições da pandemia, modalidade indica que veio para ficar e permite novos roteiros

Nina Benedito
 @ninabenedito

O Turismo Virtual no Brasil surgiu no período da pandemia graças a iniciativa de dois guias de turismo do Rio de Janeiro, em abril de 2020, como uma inovação de realizar passeios virtuais para as pessoas viajarem sem sair de casa, de uma maneira muito descontraída e com Guias de Turismo credenciados do Brasil inteiro. Com dia e horário marcados, o viajante embarca em uma viagem com o Guia de Turismo cadastrado pelo Ministério de Turismo usando a plataforma ZOOM.  Em recente entrevista ao “Programa da Nina”, na Diário TV, Maria da Luz Cobo, Guia de Turismo e gestora da plataforma Turismo Virtual no Brasil, falou sobre o novo trabalho desses profissionais do setor e a tendência é que ganhe mais força mesmo com a retomada dos atendimentos presenciais. “A pandemia pegou todo mundo de surpresa e o setor do turismo foi o primeiro que parou suas atividades em função do isolamento social. Essa iniciativa começou com dois guias de turismo do Rio de Janeiro, um deles conhecia muito bem essa questão de marketing e o outro entendia sobre sites e plataformas. Quando a gente percebeu que a pandemia veio e todo mundo estava se reinventando, eles começaram a se questionar o que poderiam fazer como guias de turismo e levar história, conhecimento, cultura, e o que a gente mais gosta de fazer que é o guiamento, de uma maneira virtual. Então pensaram em usar as novas tecnologias a nosso favor e criaram uma plataforma que hoje eu sou a gestora dela e através dela as pessoas podem escolher o passeio que querem  fazer sem deixar o conforto do lar”, explica. “O mais interessante é que não temos somente passeios turísticos, realizamos passeios culturais, históricos, com temas, enfim, a gente tenta fazer com que o brasileiro conheça o Brasil, e a gente percebe como várias pessoas não sabem a riqueza que nosso país tem de Norte a Sul”, completa a profissional.
Hoje a plataforma conta com mais de 40 Guias de Turismo credenciados levando conhecimento e cultura através de temas como Oscar Niemeyer, Chiquinha Gonzaga, Burle Marx, entre outros, contribuindo para o conhecimento de nossas riquezas e diferentes culturas do nosso país de forma virtual. Os roteiros são apresentados por vídeos, fotos, entre outras ferramentas da internet e funciona como uma videoconferência transmitida pelo ZOOM, onde uma grande e vasta possibilidade de passeios virtuais que levam os visitantes a experiências incríveis a um clique de distância.
“A gente percebe que com a nova modalidade de viajar sem sair de casa, a gente pode atender a vários públicos, inclusive aquelas pessoas que nunca poderiam viajar  por questões financeiras, porque realmente fazer uma viagem presencial pode ter um custo elevado por conta das despesas como deslocamento, hospedagem, alimentação entre outros, e com o passeio virtual, a pessoa precisa ter apenas um computador ou um celular”, enfatiza Maria. “Estudantes também podem conhecer o Brasil de uma forma diferente, enfim, até aquela pessoa que pensa em montar um roteiro para uma futura viagem presencial, é muito interessante conhecer esses lugares previamente através do passeio virtual, aguçar a curiosidade, e o melhor, estar com um guia de turismo local, cadastrado no Ministério do Turismo, então ele conhece bem o local, ele sabe os valores, onde tem aquele cafezinho melhor, e você tem contato com aquele guia de turismo através do chat durante toda a viagem”, explica.

Teresópolis é um dos destinos
“Eu trago as pessoas para Teresópolis através do tour virtual, e não só o City Tour, mas também o tema ‘Encantos de Teresópolis’, porque eu acho essa cidade muito encantadora,  nós temos o Turismo Rural, a parte urbana e a parte natural. Teresópolis é a Capital Nacional do Montanhismo, Capital do Lúpulo e agora também Capital Estadual da Agricultura familiar. Eu já comecei a fazer através de parceria com guias, a Travessia Teresópolis-Petrópolis, então imagina você que nunca pensou em realizar essa aventura por limitações físicas ou outra qualquer, poder atravessar de forma virtual e conhecer os encantos escondidos entre as montanhas”, atenta a Guia de Turismo.

Um brinde nas cervejarias
Outro tour bem interessante é o “Um Brinde nas Cervejarias de Teresópolis”, onde é divulgada para todo o Brasil a riqueza das cervejarias da cidade. “A gente fala um pouquinho sobre a produção da cerveja, do cultivo do lúpulo e todo esse universo. É um passeio turístico, é para a pessoa ter aquela vontade de querer participar, de conhecer, de despertar a curiosidade”. 

Teresópolis Cultural
“Já trouxemos também, o ‘Teresópolis Cultural’ tem gente que não imagina a cultura que Teresópolis tem. O nosso guia de turismo, Artur Esteves da Notur Travel, trouxe toda essa cultura da cidade, toda a história, eu falo que “uma cidade que não tem cultura, não tem história, não tem memória”, então a gente resgata essa questão de forma virtual, e o que eu acho muito bacana é que esse passeio virtual pode ser para qualquer pessoa, não tem limite de idade, até o próprio teresopolitano deveria conhecer um pouco mais a sua própria cidade, e entender mais o que a gente traz de informações e todo o conhecimento que Teresópolis tem”, destaca Maria.

Como fazer um passeio virtual
“As pessoas perguntam como faz um passeio virtual porque turismo é uma coisa tão presencial, na verdade a gente tenta fazer com que o viajante esteja junto com a gente andando nos lugares, em um passeio dentro da igreja, por exemplo, gente vai explicando toda a parte cultural, a história daquele local, depois a gente apresenta, por exemplo a Fonte Judith, fala um pouquinho da construção da fonte, então a ideia é que eles estejam com a gente”, conta Maria. Outro passeio muito interessante é o do Horto Municipal, recém-inaugurado e que muita gente ainda não sabe de sua existência. Outras tantas curiosidades são compartilhadas como: “Teresa Cristina nunca esteve em Teresópolis”,  “Porque o nosso portal é Terra de Luz”, entre outras. É muito comum o fato de que  muitas pessoas do Brasil inteiro nem sabem da existência de Teresópolis. “É muito curioso porque nos meus passeios virtuais, eu tenho pessoas de vários estados, de várias cidades de Norte a Sul, quem faz um passeio virtual realmente fica viciado e quer fazer um monte deles. A gente tem depoimentos lindos de pessoas que com essa pandemia, não tiveram depressão, crises de ansiedade, tristeza, porque encontraram no passeio virtual um momento de encontro, de uma grande família, de viajar realmente”, pontua.

Mais sobre o Turismo Virtual
Quando tudo voltar ao normal, se as pessoas quiserem conhecer de forma presencial determinada localidade, podem fazer através do tour virtual uma prévia do que irão ver. “Eu tenho um passageiro virtual que já me contratou quando veio a Teresópolis de forma presencial e veio conhecer tudo aquilo que ele viu através da plataforma, trouxe a família, nós fizemos um roteiro de três dias, e ele já planejou os próximos passeios virtuais pelos próximos destinos”, conta Maria da Luz.
Como embarcar nessa viagem
Para viajar com o Turismo Virtual no Brasil é muito simples, basta acessar o site www.turismovirtualnobrasil.com.br , escolher o destino que você quer  e adquirir o ingresso que hoje custa R$ 15 de forma promocional  através da campanha chamada Brasil Visto de Casa. “E aquele empresário da cidade que queira patrocinar, também temos uma campanha de patrocínio da plataforma, porque a gente percebe que quem não é visto, não é lembrado, e a plataforma hoje tem um alcance nacional”, enfatiza. “Toda segunda-feir, às 20h, na página do Facebook, a gente faz um bate papo com os guias de turismo locais e apresentamos a programação da semana e quem quiser acompanhar será muito bem vindo através da página ou pelo canal do YouTube”, finaliza. Instagram: @turismovirtualnobrasil

Tags

Compartilhe:

Edição 02/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mutirão de inscrições do Pré-vestibular Social em Teresópolis

Capela mais antiga de Teresópolis ganha rota cultural

É preciso quitar todas as dívidas do veículo para obter o CRLV 2024

Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

Do abrigo para o lar, a importância das feiras de adoção de pets

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE