Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

UNIFESO sedia curso sobre geoprocessamento

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) sediou, de 19 a 21 de setembro, o minicurso ?Geoprocessamento e uso de Banco de Dados Espaciais, Sistema SIGA-CEIVAP e software livre QuantumGIS?, com conteúdo sobre o uso do software QuantumGIS e da ferramenta de Análise Espacial Avançada TauDEM no tratamento de Informações Geoambientais.

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) sediou, de 19 a 21 de setembro, o minicurso “Geoprocessamento e uso de Banco de Dados Espaciais, Sistema SIGA-CEIVAP e software livre QuantumGIS”, com conteúdo sobre o uso do software QuantumGIS e da ferramenta de Análise Espacial Avançada TauDEM no tratamento de Informações Geoambientais. De acordo com o professor José Roberto Andrade, dos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) e coordenador do Laboratório de Projetos e Prototipagem (LPP), o objetivo foi promover a capacitação para membros do Comitê Piabanha (Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piabanha e Sub-Bacias Hidrográficas dos Rios Paquequer e Preto), funcionários da AGEVAP (Agência da Bacia do Rio Paraíba do Sul), estudantes e professores do UNIFESO, e demais interessados na utilização de Sistema de Informações Geográficas e Geoambientais para a realização de análises espaciais na região da Bacia Hidrográfica dos Rios Paraíba do Sul e Piabanha. “Durante o curso foram desenvolvidas atividades práticas com uso de GPS para coleta de dados e coordenadas de pontos na área do Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto, e sua utilização no Sistema”, contou.
A realização do treinamento no Laboratório de Projetos e Prototipagem tem como objetivo a consolidação da parceria entre o CCT, o Comitê Piabanha e a AGEVAP para a capacitação de pessoal, desenvolvimento de pesquisas de interesse mútuo e divulgação de mapas e dados para a comunidade dos municípios pertencentes à região das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul e Piabanha. O minicurso é uma continuação do treinamento no Sistema SIGA-CEIVAP que aconteceu no UNIFESO em maio de 2017, contando nesta edição com os instrutores Gabriel Lardosa, Gestor Ambiental que atua na Coordenadoria de Gestão do Território e Informações Geoespaciais da Diretoria de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e David Costa, especialista em Recursos Hídricos da AGEVAP e responsável pelas atividades técnicas do Comitê Piabanha.
 “Hoje temos esta plataforma online, que é a SIGA-CEIVAP, que reúne uma série de dados cartográficos e geográficos da nossa região. É importante que os profissionais atuantes e os em formação na área, assim como as pessoas que atuam na gestão de municípios devem conhecer essas ferramentas para uso do planejamento em seus territórios”, comentou David Costa. Ele frisou ainda que o Comitê Piabanha compreende dez municípios incluindo Teresópolis, “contudo, é necessário ter profissionais capacitados na região e é de grande importância esta parceria com o UNIFESO”.
A estudante Tainá Cabral Furtado, do último ano do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, acompanhou o curso com o intuito de adquirir mais conhecimento. “Tecnologia é o futuro para todas as áreas e o Geoprocessamento está crescendo muito e com grande visibilidade. Já conhecia o software QuantumGIS, que é ótimo, mas a didática dos profissionais do INEA me agregou muito e me fez crescer bastante profissionalmente. Além disso, foi muito bom conhecer essas pessoas atuantes na área para tomar como referência”.

 

Tags

Compartilhe:

Edição 30/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Estudantes participam de ação pelo Maio Laranja em Teresópolis

Quase 12 quilos de cocaína apreendidos em Teresópolis

Teresópolis: Feirinha do Alto com horário especial no feriado de Corpus Christi

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Vereadores socorrem Vinícius e aprovam lei a toque de caixa

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE