Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

62 anos da Viação Dedo de Deus

Empresa foi criada em 1960

A Viação Dedo de Deus completa 62 anos neste dia 1 de junho. Marcando a data, a empresa lembra que esse ano a comemoração será pela superação e coragem, pela força para continuar lutando pela manutenção dos empregos que tanto representam para grande número de famílias e, ainda, pela incessante busca transportar o trabalhador no seu dia a dia, os idosos e tantos outros que dependem do transporte coletivo para se locomover.

Criada em 1960 por Abel da Silva Cunha, Alberto Gomes da Costa, José Macedo da Cunha e Sebastião José de Oliveira, com sede na avenida Oliveira Botelho, 414, no bairro do Alto, visando o serviço do “transporte de passageiros em auto-lotações, caminhonetes, ônibus e ônibus rural, dispondo ainda de posto de gasolina, oficina mecânica e de peças e acessórios para veículos, assim nasceu a Viação Dedo de Deus, que seria, mais tarde, pela atual diretoria, desenvolvida, e que mereceria da população o alto conceito que a empresa goza como prestadora de bons serviços na área de transporte rodoviário e urbano de passageiros”, destaca o historiador Osiris Rahal no livro “Transporterê, o transporte em Teresópolis”, editado em 1998 com o patrocínio do empresário Jacques Ouriques de Oliveira.

Em 9 de maio de 1966, a empresa mudaria de mãos, passando a Manoel da Cunha Filho, Sebastião José de Oliveira, José Macedo Cunha e Abel da Silva Cunha e, dois anos depois, em 3 de março de 1968, passaria a Jacques Ouriques de Oliveira e Alexandre Pires, que assoberbado em seu bem sucedido escritório de contabilidade, no ano de 1989 passou suas ações a Luiz Gonzaga de Oliveira, tempo em que chegaram à empresa, também, os outros irmãos de Jaques, de saudosas memórias, Oscar Azor de Oliveira e João Batista de Oliveira, ambos falecidos precocemente.

A garagem da empresa, assim que a Dedo de Deus se mudou para a Ermitage

Em 1968, a Dedo de Deus se mudou do Alto para o Vale do Paraíso, transferindo-se à Ermitage nos anos 1990, em área própria, onde foram construídos diversos pavilhões de apoio, com almoxarifado, oficinas, lavagem e lubrificação, pintura, lanternagem, mecânica e escritórios, sede que foi otimizada com a construção do seu atual e moderno prédio, mais amplo e funcional, com melhor estrutura para as áreas administrativas que ampliaram enquanto crescia o negócio.

Reconhecida pela sua boa estrutura, e premiada por sua eficiência, inclusive com o prêmio Rio de Janeiro Qualidade Suprema, a Viação de Deus, agora sob a direção de Jacques e seu filho Marcelo Augusto, tem buscado manter o bom nível de serviço, que consideram indispensável para preservar um padrão de qualidade nas suas operações, que englobam o próprio trabalho, observando não só as normas do poder concedente, mas, principalmente, os desejos dos usuários, que é o de se deslocar até o local de trabalho, ou a seus destinos, de modo satisfatório, tanto quanto possível, em viagens rápidas, seguras, realizadas dentro dos horários pré-determinados e com relativo conforto.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 02/07/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Veículo abandonado em via pública é incendiado

Câmara aprova representação contra o prefeito de Teresópolis