Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Chuvas deixam estradas em condições ainda piores no interior de Teresópolis

Não é de hoje que a grande maioria das localidades do Segundo e Terceiro Distritos de Teresópolis, apesar de sua importância para a economia e potencialidade turística, sofrem com problemas de acesso devido às quase sempre ruins condições de estradas. No período de chuva, essa situação fica ainda pior. Mais um exemplo do agravamento desse problema foi alertado à redação do Diário por moradores de duas regiões. Em Arrieiro, que pode ser acessado por Santa Rita, zona rural, ou pela Posse, na zona urbana, há vários pontos onde a força da água das chuvas das últimas semanas deixou as íngremes ladeiras ainda em condição pior. Em vários trechos também há árvores fechando parcialmente a passagem, como denunciam teresopolitanos que só têm esses caminhos para chegar ou sair de casa. Situação semelhante ocorre em Prates, com acesso pelo Imbiú, na região do Terceiro Distrito.

Nesta quarta-feira, 01, recebemos a seguinte mensagem através do nosso WhatsApp (2742-9977): “Gostaria de fazer um pedido para a rua onde moro. Já fizemos tudo que podia e nada é resolvido. Moro no Imbiú, entrada do Prates, e a minha rua se encontra em um estado mais que crítico. Já conversei com vereadores lá de perto, mas só fazem pelos bairros deles. Nesse tempo de chuva a gente não consegue chegar em casa com os carros, até a pé e ruim de subir pós escorrega muito. alguns moradores lá tem criança pequena, crianças especial, queria uma ajuda aí, pra vê se tomam alguma providência, pois tá complicado, já juntamos vários moradores conseguimos da uma melhorada com algumas pedras nos buracos, mas quando chove desce muita água e acaba destapando os buracos”, relata a moradora. No dia anterior, já havíamos recebido solicitação semelhante.

Também nesta quarta-feira, solicitamos um posicionamento do governo municipal sobre o assunto. Em nota, encaminhada para nossa redação através da Assessoria de Comunicação, a Secretaria Municipal de Agricultura informa “que finalizou o patrolamento na estrada de Prates nesta segunda-feira e que vem atendendo todos os pedidos de retirada de árvores em via pública, feitos pelos moradores à secretaria”. No texto, é relatado também que “nos próximos dias será disponibilizada equipe para manutenção dos pontos mais críticos das estradas de Arrieiro/Santa Rita/Santana/Engano/Sossego e região”.

Ruim para o turismo

Além de dificultar o acesso diário de milhares de pessoas que vivem ao longo da zona rural de Teresópolis, portanto os principais prejudicados, a falta de manutenção frequente em dezenas de estradas é ruim também para o turismo, visto que dão acesso a montanhas, cachoeiras e pousadas que cada vez mais atraem olhares daqueles interessados em fugir da correria das cidades grandes e aproveitar os dias de folga nessas aprazíveis regiões.

Compartilhe:

Edição 20/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Fim de semana com Ney Matogrosso e Mart’nália em Teresópolis

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar no dia 22

Homem é preso com oito granadas em Teresópolis

Teresópolis: Vale dos Frades vai receber festival de música e arte da montanha

“Não dá pra ficar bem informado sem ele”

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE