Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Córrego dos Príncipes sem ponte e com muita lama

Bairro vizinho à unidade de conservação ambiental segue esquecido pelo poder público municipal

Um aprazível cantinho do nosso município, cercado de fragmentos de Mata Atlântica e com uma vista diferenciada para a Pedra da Tartaruga, montanha símbolo do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis. Apesar de tamanha beleza e atrativos que seriam naturalmente um convite para relaxar, a pequena comunidade de Córrego dos Príncipes continua esquecida pelo poder público municipal. As estradas que atravessam a localidade vizinha à unidade de conservação e acessada por bairros como Granja Florestal e Salaquinho seguem em péssimo estado de conservação ambiental e, para piorar, uma pequena ponte de madeira foi destruída pela tempestade da quinta-feira da semana passada e deixou ainda mais difícil exercer o direito constitucional de ir e vir.
“É uma situação triste Córrego do Príncipe. Se arrumassem uma máquina para passar aqui, seria ótimo. Os moradores estão sem uma ponte que caiu na última chuva de fevereiro, está complicado”, relatou ao Diário Losenir Almeida, que faz parte da Associação de Moradores da Granja Florestal. Ela aproveitou a oportunidade para relatar que, apesar de promessas do poder público, outra localidade da região continua quase sem acesso, a Estrada da Tabatinga, e que é preciso ser feito um muro de contenção nas proximidades da praça da igreja católica, onde foi montada a árvore natalina do bairro.

Na foto parece “que nem está tão ruim assim”, mas só quem precisa passar em estrada enlameada e esburacada sabe dos riscos envolvidos. Foto: Leitor Repórter

Arrieiro e Santana
Também em consequência da tempestade do último dia 08, a situação, que já não era boa, ficou ainda pior nas localidades de Arrieiro e Santana, na região de Santa Rita, Segundo Distrito do município. As estradas estão quase intransitáveis em vários pontos. Na Rincão do Vovô, que conecta Arrieiro a Posse, já na área urbana, muitos fios foram derrubados por quedas de galhos e troncos e árvore e um poste da Enel cedeu em direção à pista. No caso da estrutura da companhia de energia elétrica, ela só foi substituída nesta segunda-feira pela manhã.


Edição 18/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

Veja como ficam as repartições e atrativos turísticos de Teresópolis no feriado

Moradores da Fazendinha denunciam o estado precário da Rua Jaguaribe

Albuquerque: manilhas usadas em obra da PMT foram compradas por moradores

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE