Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Grupo Águas continua cobrando conta mais cara para o comércio em Teresópolis

Vinícius "garante desconto" e manda consumidor exigir desconto que PMT não incluiu no contrato

Wanderley Peres

“Desconto de 50% na água para pequenos comércios está garantido”, disse o prefeito Vinícius Claussen em suas redes sociais, no último dia 10, depois que O DIÁRIO denunciou o aumento extorsivo da conta de água não residencial em Teresópolis. O aumento vai atingir cerca de 23 mil usuários, entre eles a própria Prefeitura, que não pagava água e, por conta do “equívoco” no edital de concessão, vamos pagar o dobro do valor que a Cedae não cobrava, porque os cerca de 200 próprios da municipalidade pagam água comercial a R$ 300,42 a conta mínima e não o valor calculado sobre a tarifa residencial, que é de R$ 57,00.

FAKE NEWS DA PMT? Quem vai na sede da nova empresa, fica na fila para ouvir dos atendentes que não tem direito ao desconto para comércio. Conta mínima para pequeno comércio passa de R$ 300

Além de garantir o desconto que a Cedae dava na tarifa comercial, porque só agora teria “identificado a ausência do desconto de 50% na tarifa de água para pequenos comerciantes, que não ultrapassem o consumo médio de 10m³”, por isso, “convocou a Águas da Imperatriz para assegurar que o benefício seja mantido”, o prefeito mandou que “os contribuintes (?) que se enquadram nos critérios de tarifa especial para comércio de pequeno porte e que não tiveram o desconto, poderão entrar em contato com a Águas da Imperatriz para requerer a tarifa diferenciada e solicitar o crédito das faturas pagas sem o desconto”.

Será? Vinicius só “identificou” que esqueceu de colocar o desconto no edital após as reclamações

LA GARANTIA SOY JO

“Assim que identificou a ausência do desconto de 50% na tarifa de água para pequenos comerciantes, que não ultrapassem o consumo médio de 10m³, o prefeito Vinícius Claussen convocou a Águas da Imperatriz para assegurar que o benefício seja mantido. A empresa prontamente se colocou à disposição para resolver a questão, e os trâmites legais já estão em fase final”, tranquilizou a população o prefeito.

FILAS NA IMPERATRIZ

Devido à grande quantidade de reclamações e a modesta estrutura da concessionária, o atendimento básico com o não ao desconto, não vem ocorrendo em menos de meia hora, demora que ainda vem sendo maior para o atendimento prioritário, que demora quase uma hora, porque são senhas diferentes, embora os problemas de todos os teresopolitanos sejam os mesmos: dúvidas e dívidas com relação às contas de água.

Embora fosse desnecessário, porque bastaria a Imperatriz reenviar novas contas aos consumidores, com o valor cobrado anteriormente pela Cedae, com 10% de desconto, como garantido pelo prefeito, muitas pessoas estão procurando a concessionária Imperatriz. Além dos comerciantes, que vários voltaram para casa com a negativa da concessionária de reverter a cobrança indevida, O DIÁRIO flagrou, na manhã desta quinta-feira, 22, diversos consumidores reclamando da duplicidade de contas, que vem importunando os consumidores de água residencial, cerca de 52 mil famílias no município.

Maioria das pessoas que aguarda atendimento na pequena sede da nova empresa, é para tentar entender o motivo de ter duas contas para pagar no mesmo mês

DUAS CONTAS, NÃO

Havia muitos idosos com duas contas de água nas mãos, da Cedae e da Imperatriz, ninguém entendendo o motivo duas contas vencendo no mesmo mês e a falta da solução para o problema arranjado pelo prefeito. A reportagem assistiu um senhor de idade avançada, que estava com uma conta de R$ 63,00 da Cedae e outra de R$ 57,00 da Imperatriz, as duas vencendo em fevereiro. “Meu dinheiro é contado, não posso ter uma despesa extra, isso é um desrespeito”, reclamou.

Para um secretário que ganha R$ 14 mil por mês, ou para o prefeito, que ganha quase R$ 20 mil, 57 reais é mixaria, mas para um trabalhador ou aposentado que ganha salário mínimo, a conta a mais, sem a previsão no orçamento doméstico, é muito dinheiro, que falta para a compra de alimentos e remédios e das outras contas e os gastos fixos mensais. “O prefeito não se preocupou com essas pessoas quando contemplou a empresa com um contrato leonino, que vem prejudicando bastante os consumidores, só agora percebendo a desgraça que atingiu a cidade”, se ouviu.

FACTOIDES

Enquanto não cumpre a promessa de resolver o problema que criou, do aumento da conta de água comercial em quase 100%, o prefeito vem criando notícias desfavoráveis ao governo, para distrair a crítica ao mau governo. Inventa briga com os vereadores, troca doze comissionados por outra meia dúzia, exonera secretário num dia e o readmite no dia seguinte, tudo pano de fundo para provocar o esquecimento do golpe da venda da água.

Quem lembra de quando a Prefeitura aumentou a taxa de iluminação pública em 300%? No começo muita reclamação, prefeito justificando e prometendo iluminação de primeiro mundo, e depois ficou no esquecimento a extorsão da taxa de luz em cima do usuário da energia elétrica, dinheiro que não vem sendo utilizado todo ele, porque é muito dinheiro, na manutenção do serviço de iluminação.

CONTA MÍNIMA

Com relação à cobrança da conta comercial na tarifa praticada pela Cedae, com 50% de desconto, e que aumentou quase 100% com a Imperatriz, os atendentes do escritório da nova concessionária, embora muito atenciosos e educados, explicam que não tem esse desconto em vigor e nem previsão para o desconto. “A taxa mínima por R$ 165 já era cara, comparando com taxas mínimas da ENEL e Naturgy, que não chegam a R$ 50,00. Quem gasta menos água e economiza deveria ter mais descontos e não pagar para poder gastar mais, caso queira esbanjar o precioso líquido. Nas redes sociais do DIÁRIO, muitos empresários vêm reclamando, desde as pequenas lojas em bairros de periferia, que só tem uma pia e um vaso no banheiro, mesmo não gastando, os proprietários e ocupantes de salas e lojas terão que pagar R$ 300,00 em vez de R$ 165,00.

O que a Prefeitura publicou, em 16 de fevereiro de 2024

O prefeito Vinicius Claussen vem, desde o início de fevereiro, mantendo contato com a direção da empresa Águas da Imperatriz, a fim de garantir a faixa diferenciada de tarifa, com desconto de 50% para pequenos comerciantes cujo consumo médio mensal não ultrapasse os 10m³.
A concessionária, após estudar o caso, solicitou análise e parecer da AGENERSA (Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro), responsável por fiscalizar e regular o contrato de concessão, através do Peticionamento Eletrônico SEI-AGENERSA, no âmbito do processo nº SEI-480002/001495/2024, conforme disposto no Recibo Eletrônico de Protocolo SEI nº 68507514.
No momento, o município aguarda os trâmites legais da Agência Reguladora para realizar a alteração do contrato.
Contribuintes que se enquadram nos critérios de tarifa especial para comércio de pequeno porte e que não tiveram o desconto, poderão entrar em contato com a Águas da Imperatriz para requerer a tarifa diferenciada e solicitar o crédito das faturas pagas sem o desconto.
Sobre o desconto especial para Comércio de Pequeno Porte de Consumo garantido pela CEDAE
De acordo com o Portal da própria CEDAE, o desconto é concedido aos imóveis individualizados com acesso direto à rua (com exceção de condomínios, galerias ou shoppings), utilizados como comércio de pequeno porte de consumo e que estejam cadastrados, exclusivamente, como uma ligação com uma economia comercial hidrometrada.
O consumo mensal (mês de 30 dias) deverá ser de até 10m³, correspondentes ao consumo diário de 0,3333m³/dia. A cobrança será com base na estrutura tarifária vigente.
O consumo mensal (mês de 30 dias) deverá ser de até 10m³, correspondentes ao consumo diário de 0,3333m³/dia. A cobrança será com base na estrutura tarifária vigente.

Edição 24/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Festival Sesc de Inverno terá shows com Mumuzinho e Paralamas do Sucesso

Onde estão os vereadores de Teresópolis?

Promoção de Férias no Parc Magique e Fazendinha do Le Canton no domingo (28)

Novos radares começam a funcionar na Rio-Teresópolis x Além Paraíba

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE