Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Moradores da Fazendinha denunciam o estado precário da Rua Jaguaribe

Via dá acesso ao Mirante da Colina e a dois bairros e, há anos, populares relatam descaso da prefeitura

Isla Gomes

Nesta quarta-feira (17) a equipe da Diário TV e do Jornal O Diário esteve no bairro da Fazendinha, mais especificamente na Rua Jaguaribe, que dá acesso ao Mirante da Colina e também a Beira-Linha, após recebermos reclamações de moradores do local denunciando o estado precário da rua e das calçadas. Os cidadãos reclamam do excesso de mato, que acaba invadindo a calçada, além do problema recorrente de lixo jogado de forma irregular e da falta de iluminação. Dona Sonia Maria é aposentada e moradora do local. Ela afirma ter que passar por muitas vezes no canto da rua, para desviar da calçada com mato e quebrada. “O estado aqui da rua é horrível, uma verdadeira vergonha para o município. Nós temos uma cidade tão bonita, mas, aqui está tudo abandonado. Tem muito lixo jogado em meio ao matagal, é uma falta de respeito. Aqui para passar ônibus também é muito ruim, até mesmo pelo estado da rua, o transporte é irregular aqui, não tem horário de passar e muita gente aqui depende de ônibus. Inclusive, eu sempre passo pelo meio da rua, por medo de tropeçar nas calçadas que estão quebradas e cheias de pedra, mato e lixo. Diante disso tudo, não a gente não vê o poder público fazer nada, é um descaso total”, desabafa dona Sonia.

“O estado aqui da rua é horrível, uma verdadeira vergonha para o município. Diante disso tudo, não a gente não vê o poder público fazer nada, é um descaso total”, desabafa dona Sonia Maria. Foto: Isla Gomes/O Diário

Questionada pelo Diário, a secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos informa que vai realizar uma vistoria no local e incluir no cronograma de ações os trabalhos a serem feitos. Com relação às calçadas, a Secretaria pontua que a manutenção é de responsabilidade dos proprietários, “ressaltando que o município pode fazer vistorias e, conforme as condições de preservação, emitir notificação ao proprietário para que providencie os reparos necessários”.
Além disso, o cidadão que desejar registrar uma solicitação, reclamação ou pedido, pode se dirigir à Ouvidoria Geral pelos seguintes canais: TIA (Teresópolis Inteligência Artificial), por meio do número (21) 2742-8264 (WhatsApp oficial); aplicativo eOuve ou pelo site www.teresopolis.rj.gov.br; e atendimento presencial na Ouvidoria Geral (Av. Lúcio Meira, 375 sala 105 – Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas, Várzea), no antigo Fórum. O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 9h às 18h.

Edição 23/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Lula avalia vetar taxação federal de compras internacionais até US$ 50

Centro Operacional da GCM homenageia Márcio Catão

Chuvas já mataram 163 pessoas no Rio Grande do Sul

Prefeito de Teresópolis foi ao Tribunal para autorizar festa particular em rua

Vasco da Gama enfrenta o Náutico em Teresópolis

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE