Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Pastor Bruno Couto convoca população para o “Clama Terê”

Evento aberto ao público será realizado nesta quarta-feira na Praça Olímpica, na Várzea

Ana Júlia dos Santos *

No programa Hélio Carracena da última segunda-feira (13), recebemos o pastor Bruno Couto. Atual presidente da Copete (Conselho de Pastores de Teresópolis), disse que há uma unidade muito grande entre os pastores do município e reforçou a importância do conselho. “Nós pastores somos muito procurados para repreender o medo, mas nos também precisamos de repreensão. Não podemos andar sozinhos, quando estamos sozinhos, perdemos o limite, e muitos desistem por conta dessa solidão. O ministério pastoral não é uma competição, quando vemos assim, trás uma angústia muito grande. Quando decidimos andar junto, mesmo com práticas e doutrinas diferentes, o ministério se torna muito mais saudável”. Além dessa união, é crucial saber separar o ministério da vida pessoal. “Vejo que hoje em dia esse é o problema, não sabemos discernir, você não é pastor 24 horas, é por isso que há muitos pastores divorciados, por isso que muitos filhos de pastores não vão a igreja. Eles precisam entender que precisam de ajuda, não são super homens e mulheres, são seres que carecem de cuidado, emocional e espiritual”, pontuou.
Seguindo o tópico cuidado, Bruno ressaltou a importância de cuidarmos e olharmos para nossa cidade. Então, ele convidou todos a participar do evento “Clama Terê”, que está sendo organizado pelo Conselho de Pastores de Teresópolis com apoio do grupo Metanoia. O evento é aberto ao público e será realizado nesta quarta-feira (15), das 17h às 20h, na Praça Olímpica Luis de Camões, na Várzea.
O pastor explicou de onde surgiu a ideia: “Nós falamos muito acerca das guerras de Israel, da Palestina, mas nós também vivemos uma guerra. Você vê jovens assassinados no Meudon, em Bonsucesso. As armas dos cristãos, são espirituais, a igreja não pode recuar em um cenário desse. Não podemos nos contentar a se reunir nos domingos à noite, e cantar as nossas lindas canções, enquanto nossa cidade está perdida. Temos buscado armas espirituais para levantar nossa cidade, através da intercessão, nossa cidade será abençoada. O principal objetivo do Clama é clamar pela cidade, para que ela seja abençoada”. Muito bacana a iniciativa, né? Confira todo o nosso bate-papo na integra em nosso canal no YouTube.

  • Estagiária do Diário

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar no dia 22

Enel flagra 239 “gatos de luz” em Teresópolis

Trilha na Pedra da Tartaruga sofre com a ação de vândalos

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Delmo Ferreira novo presidente da ATL

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE