Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Pela primeira vez na história, uma mulher assume o Corpo de Bombeiros em Teresópolis

Inspirada pelo pai, Tenente-Coronel Mariana Domingos constrói sua história na importante corporação

Isla Gomes

O 16º GBM (Grupamento de Bombeiros Militar), em Teresópolis, está em atividade há 44 anos. Durante esse longo período, 25 homens estiveram à frente da corporação. Mas, neste ano de 2023 este cenário mudou. Em 24 de novembro, o cargo de Comandante foi transferido do Tenente-Coronel Luciano Oliveira para a Tenente-Coronel Mariana Domingos, que além de ser responsável pelo 16° GBM também comanda os destacamentos de Carmo e Bonsucesso. Antes de assumir o cargo, a Oficial foi ajudante de ordens do Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do RJ e Secretário de Estado de Defesa Civil, no quartel central, e atuou também na diretoria geral de diversões públicas, no Centro do Rio de Janeiro.

Na última quinta-feira (14), estivemos no quartel em Pimenteiras para conversar com a Comandante e saber qual sentimento de se tornar exemplo e referência como a primeira mulher na direção. “É uma honra muito grande estar à frente do 16° GBM, comandando um quartel de muita expressão na Região Serrana. E isso tudo eu devo ao Coronel Leandro Monteiro, que é o Secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio, que me confiou essa nobre missão de estar à frente deste quartel, com um estafe muito bom de oficiais e praças, imbuídos na causa nobre de estar servindo, auxiliando e orientando a população de Teresópolis”, declara.

Em 44 anos de atividade, 25 homens estiveram no comando do 16°GBM. Com a posse da Tenente-Coronel Mariana Domingos, pela primeira vez uma mulher assume o posto. Foto: Isla Gomes/O Diário

Nova geração
A Comandante relata que seu pai fez parte da corporação por 50 anos, tendo sido, inclusive, Subcomandante no 16°GBM. A profissão se transformou em um propósito nobre que vem de família. “Meu pai ingressou na corporação em 1973, ele inclusive foi Subcomandante do quartel aqui de Teresópolis, e por ironia do destino hoje eu estou aqui e isso é muito emocionante. Eu sempre participei da vida ativa do quartel, minha infância foi nesse ambiente da corporação, lembro-me da confraternização do Natal do Bombeiro, então eu adorava essas confraternizações e minha vida sempre girou em torno desse espaço, inclusive, meu marido também é da corporação e eu tenho uma filha maravilhosa, e tudo que eu tenho é da corporação”, conta.

Um grande diferencial da corporação no município é a torre de treinamento, espaço que agora é administrado pela comandante, uma grande responsabilidade entregue nas mãos de uma grande mulher

Foco do comando
É comum que cada Comandante dê seu toque particular na direção do quartel. Para a Tenente Coronel Mariana, investir na educação e conscientização é primordial para evitar problemas futuros. “Eu assumi o cargo no dia 24 de novembro, estou completando três semanas como Comandante. É pouco tempo, mas nós já temos alguns projetos que visam impactar diretamente na sociedade. Em um primeiro momento, tenho a intenção de realizar palestras dentro das escolas, palestras educativas que abordem temas como primeiros socorros, segurança no trânsito, palestras de higiene bucal, entre outros assuntos pertinentes. O ensino como prevenção pode impactar diretamente no serviço do Bombeiro, pois, se temos uma sociedade instruída e orientada, eu acredito que o serviço da corporação vai diminuir em relação a acidentes domésticos, colisões, acidentes de moto, então eu acho que esse será nosso primeiro passo e será um ganho para o município de Teresópolis”, destaca.

“Eu assumi o cargo no dia 24 de novembro, é pouco tempo, mas, nós já temos alguns projetos que visam impactar diretamente na sociedade”, ressalta a Comandante do 16º GBM

Grande responsabilidade
Um grande diferencial da corporação no município é a torre de treinamento do 16º GBM, estrutura que permite que os militares exercitem diversas práticas necessárias para a função dentro do próprio quartel. Antes, os bombeiros locais frequentavam unidades no Rio de Janeiro para realizar os treinamentos de resgate em altura, ou os prédios em construção na cidade. A torre tornou o quartel de Teresópolis polo de instrução para outros quartéis, dando maior agilidade e frequência no treinamento, oferecendo ainda um centro de treinamento para incêndio e uma casa de fumaça, além de auditório e academia. Toda essa estrutura agora é administrada pela Comandante Mariana, uma grande responsabilidade entregue nas mãos de uma grande mulher que agora é referencia e exemplo para outras gerações em tão importante corporação.

Informações do 16°GBM
Endereço: Rua Guandu 680 – Pimenteira
Email: gbm16@cbmerj.rj.gov.br
Telefones: (21) 26414106 – (21) 26414517

DIÁRIO MULTIMÍDIA – Não autorizamos reprodução de fotos ou textos, mesmo com crédito


Edição 23/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Chuvas no estado do Rio provocam ao menos sete mortes

Justiça Federal determina retorno de Adélio Bispo a Minas Gerais

Ônibus: novas tarifas intermunicipais entram em vigor neste sábado

Sexta e sábado com feira de adoção de cães na Várzea

Asfalto ficou na promessa e Vale dos Cedrinhos segue quase intransitável

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE