Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Prefeitura reduz apoio aos feirantes e faz política de entrega de títulos

Antes mesmo, de desalojar os feirantes da calçada para a reforma da praça, feirinha já definhava por falta de apoio

Wanderley Peres

Nesta quinta-feira, dia 25, no Teatro Municipal, o prefeito Vinicius Claussen e o secretário municipal de Agricultura, Tenente Jaime de Medeiros, fizeram evento no Teatro Municipal, para entregar aos expositores da Feira da Agricultura Familiar, documento oficializando a atividade de exposição e venda de produtos agrícolas, alimentícios e de artesanato, que funciona na Praça Governador Portella, na Várzea, e no bairro Carlos Guinle, em frente ao Clube Comary.

Em 2016, durante o Governo Tricano, prefeito e secretário oficializaram a atividade dos feirantes. Governo Vinicius Claussen copiou parte do texto retirando o nome do ex-prefeito


“Entregar e destacar esse título precário a todos os nossos expositores é uma grande conquista. Juntos, estamos intensificando, cada vez mais, o protagonismo na produção agrícola e reafirmando o nosso compromisso com esse olhar carinhoso, atencioso, para agricultura familiar e claro, valorizando e fortalecendo o crescimento e desenvolvimento do produtor local e das nossas queridas feirinhas”, disse o prefeito, retrucado pelo seu secretário de Agricultura, vereador suplente Jaime Medeiros, que se disse agradecido pelo olhar carinhoso do prefeito para a Agricultura Familiar. Sabemos que esse título era um sonho dos expositores e hoje estamos oficializando essa conquista. É muito gratificante ao ver a felicidade dos feirantes com a entrega da autorização a título precário e saber que, a partir de agora, eles poderão comercializar seus produtos com segurança, tranquilidade e o melhor de tudo, expandir seus negócios”, comemorou Jaime, que estava acompanhado de toda a sua equipe na Secretaria.

Feirinha da Praça Governador Portela em 2016, “faltava espaço” para os feirantes – Arquivo
Em foto mais atual, o número reduzido de feirantes após assumir o atual governo – Arquivo


Criada em 2016 pelo prefeito Mario Tricano, quando era secretário de Agricultura o atual vereador André do Gás, a Feirinha faz parte do Circuito de Feiras da Agricultura Familiar ‘Vem pra Roça’, projeto em parceria com o Escritório da Emater-Rio, para oferecer produtos frescos da agricultura familiar orgânica e tradicional, diretamente ao consumidor. Na oportunidade, prefeito e secretário oficializaram a atividade dos feirantes, com documento autorizando a atividade a todos os feirantes para exposição e venda de produtos agrícolas e alimentícios nos cinco pontos então existentes: a Praça Governador Portella, e na rua Fritz Weber, na Várzea; na Rua Beira Rio, em Araras; na Praça Nilo Peçanha, no Alto, e na Feirinha do Alto.

Edição 22/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Temporal mata cinco pessoas no estado do Rio

LADRÕES DE RESIDÊNCIAS: Troca de tiros e quadrilha presa na Barra do Imbuí

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Bolsonaro não responde à PF em depoimento sobre golpe de Estado

Governo do Estado atua nas cidades afetadas pelas chuvas

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE