Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Segundo turno: Urnas que serão utilizadas em Teresópolis já estão prontas

TRE realiza nesta sexta-feira reunião com mesários para melhorar o processo de votação

Luiz Bandeira

Faltando três dias para o segundo turno das eleições 2022 o Tribunal Regional Eleitoral (TER), já distribuiu aos municípios fluminenses as urnas eletrônicas que serão utilizadas na votação. Nesta quarta-feira, 26, a equipe do jornal O Diário e Diário TV esteve no Ginásio Poliesportivo Pedrão, onde ficam armazenadas as urnas eletrônicas das 406 seções eleitorais da 38ª e 195ª zonas eleitorais. Servidores da Justiça Eleitoral trabalhavam na tarde desta quarta-feira organizando as rotas traçadas para a distribuição das urnas em todos os bairros, região central da cidade além do segundo e terceiro distritos.
Em todo o país, no primeiro turno destas eleições, quando o eleitor teve que votar em cinco cargos eletivos, houve atraso no processo e muitas seções só conseguiram concluir a votação bem depois do prazo estipulado – 17h, pelo horário de Brasília. Aqui em Teresópolis, além deste problema, também foram verificadas enormes filas causadas por seções agregadas na mesma urna eletrônica e também por equipamentos que apresentaram defeito, neste caso mais de 50 precisaram ser substituídas em três de outubro.
O TRE reservou para esse segundo turno exatamente 50 urnas eletrônicas de contingência, que ficam disponíveis para substituírem as defeituosas. O Tribunal Regional Eleitoral promove nesta próxima sexta-feira, 28, às 18h, uma reunião com mesários e presidentes de seção para esclarecer possíveis dúvidas dos voluntários e também para rever alguns procedimentos no processo de votação.

Em Teresópolis são duas Zonas Eleitorais, a 38ª e a 195ª onde os mais de 125 mil eleitores aptos exercerão seu dever democrático constitucional ao voto

Número de eleitores
Segundo o TRE, 125.908 eleitores estão aptos para votar em Teresópolis, sendo que 22,80% deles não compareceram à seção eleitoral no início do mês. No primeiro turno, 1,78% dos teresopolitanos votaram em branco para presidente e 3,02% anularam o voto. Agora, como a eleição para governo do estado do Rio de Janeiro foi definida com a reeleição de Claudio Castro, o teresopolitano precisa efetuar seu voto apenas para presidente da república. A votação começa às 8h e vai até às 17h, e, desta vez o TSE adotou o horário de Brasília para todos os estados, que em caso de fuso horário, o eleitor precisará se adequar.

Justificativa
Os eleitores que não votaram no primeiro turno das eleições deste ano podem votar no segundo turno, mesmo que ainda não tenham justificado a ausência. A justificativa precisa ser feita até o dia 1º de dezembro para que o eleitor continue com o título regularizado. Quem não fez a justificativa no dia da eleição pode usar o aplicativo e-Título ou o sistema Justifica, da Justiça Eleitoral. É preciso anexar o requerimento de justificativa e a documentação comprovando o motivo para a ausência. Caso não se justifique, ou se a justificativa for indeferida, o eleitor deverá pagar multa, no valor de até R$ 3,51. Em caso de três ausências consecutivas sem justificativa e sem pagamento das multas, o título eleitoral será cancelado. Situação eleitoral irregular impede a emissão de documentos como identidade e passaporte, o ingresso em cargo público, a participação em concorrências públicas e a renovação de matrícula em alguns estabelecimentos de ensino, entre outras penalidades.
No dia da eleição leve um documento com foto oficial com foto, sendo aceita a versão digital do documento: e-título, carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação. Leve também seu título de eleitor, já que nele constam informações sobre a zona e a seção eleitoral. Se preferir, baixe e instale o e-título, aplicativo móvel para obtenção da via digital do título de eleitor. As certidões de nascimento ou de casamento não valem como prova de identidade na hora de votar.

Mudanças
O TRE aproveitou para informar que a Escola Municipal Professora Aclimea de Oliveira Nascimento, Rua São Pedro, 81, no Bairro de São Pedro, está em obras. Portanto, as cinco seções eleitorais que funcionam no local foram transferidas para a Escola Municipal Sebastião Branco, na Travessa Jose Godim de Oliveira, também no Bairro de São Pedro.

Edição 02/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mutirão de inscrições do Pré-vestibular Social em Teresópolis

Capela mais antiga de Teresópolis ganha rota cultural

É preciso quitar todas as dívidas do veículo para obter o CRLV 2024

Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

Do abrigo para o lar, a importância das feiras de adoção de pets

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE