Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Teresópolis: Ônibus extras para as viagens de fim de ano

Viação Teresópolis atenta às linhas com maior procura para Natal e Ano Novo

Luiz Bandeira

Consolidando-se como um dos principais destinos para o turismo de proximidade, a cidade de Teresópolis espera receber um grande número de visitantes durante o período de festividades de fim de ano. Em nosso estado essa modalidade de turismo é quase que totalmente baseada em viagens rodoviárias e as realizadas através de ônibus são as mais comuns. A empresa Viação Teresópolis, única detentora da concessão para a exploração do serviço na cidade, vem trabalhando no sentido de atender o crescente movimento de passageiros alcançando os números de antes da pandemia em 2019. Com o aumento da demanda por viagens a empresa garante que não faltarão passagens, tanto para quem procura Teresópolis como destino, quanto para o teresopolitano que vai deixar a cidade para as comemorações de fim de ano. Estivemos nesta quinta-feira, 22, na sede da Viação Teresópolis, para conversar com o diretor comercial da empresa, Márcio Catão, que nos disse já ter atestado na prática esse aumento de demanda por viagens nos ônibus. “É bacana a gente ver nesse processo pós-pandêmico, a nossa cidade voltara brilhar, como já foi em outros tempos áureos. Nós detectamos esse processo há uns dias atrás, na realidade nós já abrimos um horário quase vinte dias à frente, a gente consegue sentir esse aumento de demanda com até vinte dias de antecedência”, explicou o diretor da Viação Teresópolis.
É claro que o turismo sempre foi um dos ativos econômicos de Teresópolis, desde antes de sua fundação o município é muito visitado, porém durante a pandemia de Covid-19, as pessoas foram forçadas a se manterem em casa e as viagens de ônibus foram proibidas, causando na empresa que explora comercialmente esse serviço um prejuízo incomensurável, mas agora com esses sinais de recuperação o diretor comercial se mostra bem otimista. “Em 2019 nós chegamos a transportar nesse período de fim de ano até 120 mil passageiros. No ano de passado, nós transportamos cerca de 70 mil pessoas entre meados de novembro e dezembro. Este ano a gente já sentiu uma demanda agregada em quase 22%”, garante o empresário.

“Nós não costumamos deixar mais do que 50 minutos, mesmo que a gente tenha que abrir um horário extra próximo da última saída, a gente consolida outro horário e a gente procura fazer esse atendimento pra gente não deixar as pessoas na rodoviária”, informa Márcio Catão, diretor comercial da Viação Teresópolis

Viagens extras
Por conta do aumento da demanda, não está mais tão fácil garantir uma passagem de ônibus intermunicipal, principalmente para os destinos mais procurados com Rio de Janeiro, Região dos Lagos, Região Oceânica de Niterói e Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Márcio Catão, porém, garantiu que ninguém vai ficar sem passagens. “Nós não costumamos deixar mais do que 50 minutos, mesmo que a gente tenha que abrir um horário extra próximo da última saída, a gente consolida outro horário e a gente procura fazer esse atendimento pra gente não deixar as pessoas na rodoviária mais do que uma hora. O Detro, (órgão que regula o transporte rodoviário de passageiros), permite até uma hora e meia próximo de duas horas, mas a gente não entende assim, a gente entende que isso tem que ser feito, até pela proximidade, pela facilidade. Nós temos garagem no Rio de Janeiro, Garagem em Niterói, então a gente consegue de certa forma suprir a necessidade dos nossos consumidores. Hoje mesmo aconteceu isso por duas vezes, então a gente consegue abrir esses horários extras com bastante antecedência pra poder atender a demanda e assim tem sido feito ao longo de nossas vidas”, garantiu Catão.

Mais procura
Ele apontou ainda algumas viagens onde já estão sendo disponibilizados ônibus extras. “Rio das Ostras nós temos poucos horários. Pós-pandemia a gente tinha um horário diário pra lá e um horário diário de lá pra cá, isso se extinguiu porque a gente saia daqui, as vezes uma ou das vezes da semana com quatro ou cinco passageiros pra Rio das Ostras e nesse final de ano, nós tivemos que abrir já oito carros extras daqui pra Rio das Ostras e seis de lá pra cá. Barra da Tijuca também com vários horários a mais pra Barra da Tijuca e todos que a gente abre indo a gente se programa já pra voltar, porque a gente sabe que muitos se locomovem bem pelo Rio, mas alguns tem como ponto de partida o mesmo de chegada. A gente se programou bem pra isso, tem acontecido, a frota está aí perfeita toda revisada, vai acontecer e a gente vai fazer um atendimento à altura dos nosso consumidores”, concluiu o diretor da Viação Teresópolis.

Teresópolis top 10 no Brasil
Recentemente, um levantamento publicado pela plataforma de venda de passagens por ônibus ClickBus, uma das mais populares do segmento no país, apontou que nos últimos doze meses, os trechos mais buscados foram das viagens entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, com um aumento de mais de 50% na demanda por passagens envolvendo esses trechos. E o que chama atenção também é, evidenciando o potencial turístico da nossa cidade, a viagem para Teresópolis aparece entre os 10 destinos mais acessados do país através de viagens oferecidas diariamente pela frota da empresa de ônibus, Viação Teresópolis, que detêm a concessão para exploração do trajeto de ida e vinda da capital fluminense.


Terminal Novo Rio
O Terminal Rodoviário Novo Rio, na capital fluminense, espera receber mais de meio milhão de viajantes a partir desta quinta-feira, 22 de dezembro. O local comemora uma recuperação de 90% da movimentação de passageiros em relação a 2019, antes da pandemia. A rodoviária do Rio estima fechar o ano com um fluxo de embarques e desembarques da ordem de 569 mil pessoas. Deste total, 286 mil desembarcam no Rio de Janeiro para passar o Natal e o Réveillon. As estimativas da concessionária que administra o espaço são de que somente nas datas que antecedem o Natal e o Réveillon cerca de 116.700 turistas devem chegar à cidade através da rodoviária. Número de embarques será grande também em direção às regiões mais procuradas do Estado do Rio, entre elas a nossa Região Serrana, além de Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo. Quem embarca do Rio de Janeiro para Teresópolis paga R$ 37,38 e quem embarca na Rodoviária de Teresópolis em direção ao Rio de Janeiro vai desembolsar R$ 33,10.


Compartilhe:

Edição 20/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

OAB esclarece sobre o abuso do aumento da conta mínima comercial de água

Feriado de São Jorge com promoção no Parc Magique do Le Canton

Rodovias federais terão pontos de descanso para motoristas

Três flagrados com cocaína e maconha no Meudon

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE