Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

“Viciado” acusado de furto para conseguir dinheiro para drogas

Homem acabou e denunciado por ataque a veículo no bairro de São Pedro

Uma confusão no bairro de São Pedro, no final da tarde do último sábado (15), terminou na 110ª Delegacia de Polícia. Após ser agredido por populares, um homem foi detido e autuado pelo crime de furto: ele teria quebrado o vidro de um veículo estacionado na Rua Fileuterpe, em São Pedro, com o objetivo de furtar uma mochila e um casaco, itens que, segundo apurado, seriam vendidos para que ele conseguisse dinheiro para comprar drogas. Não foi informado qual entorpecente ele seria “viciado”, mas as circunstâncias indicam a utilização de crack, que tem gerado delitos do tipo em Teresópolis nos últimos meses. O apontado autor foi detido na Rua Filomena, perto da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), depois que populares o viram sendo perseguidos por dois homens utilizando pedaços de madeira. Eles eram funcionários da oficina onde o carro vandalizado, um Sandero, estava parado. À polícia, alegaram terem entrado em luta corporal com o denunciado. Apenas o casaco foi localizado. Foram apresentadas imagens de circuito de segurança do ato de vandalismo para a prática do crime de furto.

Outro caso
Também no fim de semana foi registrado a violação de um veículo no bairro Nossa Senhora de Fátima, onde destruíram o vidro traseiro direito de um Honda Fit de cor prata. Depois de abrir o carro, o ladrão revirou o interior e chegou a abrir o capô, mas nada foi levado. O caso também foi comunicado na delegacia local. Na quinta-feira da semana passada, um Celta foi danificado no bairro do Vale do Paraíso, nas proximidades de um dos acessos do Recanto dos Artistas.

Crack, a peste
Considerada o “resto do resto” e altamente viciante, o crack é considerado um dos piores tipos de entorpecente em circulação no país, gerando em grandes cidades locais onde seus usuários parecem “mortos vivos”, fazendo de tudo para conseguir trocar por mais drogas. Em Teresópolis, o crack começou a entrar cerca de três anos atrás e tem sido encontrado principalmente na parte alta de São Pedro, Perpétuo, Pimentel e Rosário. Dois anos atrás, um viciado nesse entorpecente praticou o arrombamento e furto de várias lojas na região central do município.

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE