Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

CMEIA Mariana Martuchelli é reinaugurado

Unidade escolar localizada no interior passou por reforma e ampliação.

Ao voltarem às aulas nesta segunda-feira, 14, os 120 alunos das turmas de Maternal, Jardim, Pré I e 2 do Centro Municipal de Educação Infantil e Alfabetização (CMEIA) Mariana Martuchelli, em Independente de Mottas, no interior, encontraram uma escola bem diferente da que deixaram no ano passado. Na última semana foi concluída a obra de reforma e ampliação do espaço. “A empresa contratada inicialmente não conseguiu concluir a obra e acionamos a Secretaria de Obras e equipe para uma solução. Hoje entregamos um prédio escolar todo reformado, com uma obra muito bem feita e de qualidade, com ambientes preparados, com muito carinho, para receber nossas crianças”, explicou o Prefeito Vinicius Claussen.
O Prefeito também agradeceu ao Padre Luiz Carlos Vitorino, da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Sucesso, por ceder espaço para os alunos estudarem durante a obra. “Agradecimento especial à equipe do CMEIA Mariana Martuchelli por todo carinho e dedicação na preparação do ambiente escolar para a volta às aulas. Os espaços receberam vários elementos didáticos decorativos feitos pelos educadores. O amor pela educação é constatado pelos detalhes”, enalteceu Satiele Santos, secretária municipal de Educação.

Memória
Moradora do bairro, a diretora Josiane Rodrigues Tayt-Sohn homenageou a família da trabalhadora rural Mariana Martuchelli, cuja família doou o terreno para construção da escola. “Hoje temos esse prédio todo reformado, bonito e de acordo com as necessidades de nossa clientela. Os vínculos construídos na Educação Infantil trazem cuidado, amor, esperança e muitos outros princípios e aprendizagens necessárias para a formação de cidadãos com caráter, preparados para a construção de uma sociedade mais humana, justa e feliz”.
Com quatro salas de aula, refeitório, cozinha e salas administrativas, o CMEIA Mariana Martuchelli recebeu nova sala de atividades educacionais e sanitário com fraldário e chuveiros, espaço mais adequado para atender as crianças de 3 a 6 anos da unidade escolar. Reconstrução de fossa, troca de telhado, revisão elétrica e hidráulica e pintura geral completaram a reforma.
“A escola tem mais conforto e espaço adequado para as crianças estudarem. É uma vitória pra nossa comunidade”, agradeceu Kátia Aparecida da Costa, mãe da aluna Alice, de 3 anos. “A minha filha Isadora é a segunda criança da família a estudar nesta escola, que ficou muito bonita e bem organizada. Ela tem Síndrome de Down e tenho toda segurança em deixa-la aqui, pois sei que é muito bem cuidada”, concluiu Poliana Pereira de Almeida.

Tags

Compartilhe:

Edição 23/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Chuvas no estado do Rio provocam ao menos sete mortes

Justiça Federal determina retorno de Adélio Bispo a Minas Gerais

Ônibus: novas tarifas intermunicipais entram em vigor neste sábado

Sexta e sábado com feira de adoção de cães na Várzea

Asfalto ficou na promessa e Vale dos Cedrinhos segue quase intransitável

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE