ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Óleo pode ter causado acidente que matou jovem

Data: 06/12/2018

Internautas relataram ter visto óleo na pista momentos antes do acidente envolvendo a CB 500 - José Carlos Cacau

Marcello Medeiros

O corpo da jovem Pâmela dos Santos Cunha, de apenas 28 anos, foi sepultado na tarde desta quarta-feira no Cemitério Municipal Carlinda Berlim, mais conhecido como Caingá. Ela faleceu no início da noite do dia anterior no Hospital das Clínicas Constantino Ottaviano (HCTCO), para onde foi levada na ambulância do Corpo de Bombeiros pouco depois de sofrer acidente de moto na Avenida Delfim Moreira, próximo ao encontro com a Wenceslau José de Medeiros, no Vale do Paraíso. Pâmela conduzia uma Honda CB 500 de cor preta e caiu em trecho de curva em frente à clínica de fisioterapia do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO).
Os motivos do acidente ainda estão sendo investigados pela Polícia Civil, que nestes casos trabalha com laudo pericial produzido pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Porém, a jovem, que trabalhava como corretora de imóveis, pode ter perdido controle da direção da motocicleta após derrapar em óleo derramado na pista. A CB atravessou a avenida e parou no sentido contrário. 
Através das redes sociais, teresopolitanos que passaram pelo mesmo local horas ou dias antes relataram sobre lubrificante espalhado na passagem de veículos. “Meu amigo caiu aí hoje também. Graças a Deus só ficou bem ralado. Olha direitinho porque tinha óleo na pista. Ele acabou de chegar em casa falando que tinha óleo na pista e só não teve como alertar porquê estava sem celular”, atentou a internauta Josiane Lima. “Tem óleo na pista desde a semana passada. Nós temos visto e falado a semana toda”, completou Rogério Arthur.

Três mortes em novembro
Muitos vários jovens perderam a vida em acidentes de trânsito em Teresópolis nos últimos meses, principalmente envolvendo motocicletas. Somente em novembro foram três ocorrências. Marcos Oliveira, 21, mais conhecido como “Marquinhos”, morador do bairro do Vale da Revolta, morreu no dia 20 na Unidade de Tratamento Intensivo do HCTCO. Ele estava internado desde o início da noite do dia anterior, para onde foi levado após sofrer grave acidente nas proximidades do quilômetro 80 da BR-116, em frente ao principal acesso da Quinta-Lebrão. Ele conduzia uma motocicleta Dafra Next 250, de cor vermelha, e colidiu frontalmente com um caminhão Mercedes Benz 710. Outro veículo, um Fiat Marea, também acabou envolvido no acidente.
Dez dias antes a fatalidade aconteceu na Avenida Rotariana, proximidades da portaria do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Felipe Castilho da Silva, 24, morador do bairro da Fonte Santa, morreu após colidir com sua motocicleta em uma caminhonete de pequeno porte pouco após a ponte. Segundo apurado no local, “Felipinho”, como era mais conhecido, carregava duas mulheres na garupa. Elas foram encaminhadas para a unidade hospitalar. Ele morreu na hora. Cinco dias antes Fernando Rabello de Lima, 30, mais conhecido como “Bolacha”, não resistiu aos ferimentos causados em seu corpo após forte colisão de sua motocicleta contra um carro de passeio na estrada Rio-Bahia. O acidente aconteceu na BR-116 na entrada da localidade de Cruzeiro, no Segundo Distrito.

 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Carreta da Caravana do Trabalho está na Praça Olímpica

Celulares irregulares são bloqueados em 10 estados

Agricultura Familiar vai receber investimento de R$ 835 mil

Pesquisadores procuram por "onça branca" da Serra dos Órgãos

Rua do entorno da Praça Olímpica fechada até o dia 17

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ